Home » » MINHA ESPOSA SOZINHA EM CASA COM O RAPAZ DO GÁS

MINHA ESPOSA SOZINHA EM CASA COM O RAPAZ DO GÁS


Acordei sábado bem cedo e como de costume fui fazer o café. Enquanto a água fervia me aprontei para sair pois tinha muitas coisas para resolver naquele dia. Enquanto tomava meu café meio apressado pra sair, minha esposa entrou na cosinha, vestida só de camiseta, como ela sempre costuma dormir. Ela dorme com umas camisetas que caem nela como um mini-vestido e fica muito sexy assim, pois mostra bem seu corpo, suas cochas grossas, chegando até a mostrar a voltinha inferior das nádegas, os contornos dos seios e até os biquinhos.
Ela se sentou ao meu lado e pergutou porque tanta pressa, se eu não queria dar uma namoradinha. Eu preocupado com as coisas que eu ia resolver e com meu atraso disse a ela:" - Deixa pra quando eu chegar, tenho que ir, não tô com cabeça agora". E continuei: "- O gás está acabando, quase nem deu pra terminar o café, liga lá que eles trazem..só chego lá pelas 13:00, se não vier antes não dará tempo de fazer o almoço. Ela ainda insistiu para que eu ficasse para uma rapidinha, falou para apreveitarmos que as crianças estavam com a avó, me deu um amasso rápido na porta, mas eu tava com a cabeça longe e não topei.
Quando eu bati a porta e desci no elevador, fiquei pensando: "Ela tá bem safadinha hoje, nunca a vi assim...e na mesma hora lembrei que ela ia chamar o cara do gás...me bateu uma preocupação...mas logo exorcisei...ela não faria isto.
Depois de tudo resolvido voltei para casa aliviado por ter conseguindo resolver todos os problemas e louco de fome. Ao entrar em casa vejo ela deitada no sofá do mesmo jeito que eu a deixei em casa, com aquela camisetinha sexy. Ela nem se levantou, estava entertida com a TV, eu fui para a cosinha pois estava morto de fome. Ao entrar na cosinha vi que a comida esta pronta em cima de mesa e lembrei do gás. Voltei para sala e pergutei a ela: "- pelo visto trousseram o gás né, o almoço está pronto. Ela respondeu ironicamente: "- claro que sim, né...como acha que fiz o almoço?". Eu já meio nervoso pergutei: " - E vc recebeu o cara vestida assim?. Ela abriu um sorriso e disse: "Você sai de casa cedo, me larga com vontade, sabe que vem homem aqui. Você nao tem medo não?". Aquela resposta dela me gelou, pensei em ficar calado e voltar para cosinha e almoçar, mas não resisti e insiste: "- Vc não me respondeu se recebeu o cara vestida assim?" Ela com a maior cara de safada que eu já tinha visto me respodeu: "- Você vai morrer com esta dúvida, da minha boca você nunca vai ficar sabendo".
Aquilo me deu a maior dor de corno, pensei várias coisas: que ela podia estar blefando, que queria fazer ciume em mim, que podia ter realmente recebido o cara daquele jeito. Cada dia que passava mais minha imajinação viajava e a ideia dela ter recebido o cara daquele jeito e até ter seduzido ele, transado com ele, foi crescendo na miha cabeça e foi me deixando confudo. Uma mistura de raiva e excitação que nem dá para explicar. Porém tinha uma coisa que eu tinha me esquecido...eu tinha instalado algumas câmeras pela casa pra supervisionar o serviço empregada e da babá e as imagens ficavam armazenadas no meu computador. Gelei na hora, será que vale a pena conferir, ou é melhor nem saber, mas a curiosidade falou mais alto e corri para o computador.
Comecei a ver as filmagens ali gardadas, na mesma hora que queria achar alguma coisa, também não queria achar. Não demoreu muito e vi cenas dela andando de camiseta pela cosinha arrumando umas coisas. Pensei: "Opa achei, se tiver algo vai ser por aqui". E para minha surpresa ela se dirije a porta de serviço e olha pelo olho magico, dá uma ageitadinha na camiseta, dá uns pulinhos (tipo pulinhos de satisfação) e sai de perto da porta, vai em direção ao quarto. Ai eu pensei: "Ufa..ela foi trocar de roupa". Porém para minha surpresa ela volta com a mesma roupa e abre a porta.
Quase desmaiei ao ver entrar um cara carregando um botijão gás na mão e ela ali toda sexy, os dois sosinhos em casa. Ela levou o cara até onde seria a troca, que fica embaixo da pia. Dava para ver que ele não tirava os olhos do corpo dela. O cara agachou para trocar o gás e ela resolveu lavar umas coisas na pia. A bunda dela ficava quase no rumo da cara dele..eu pensei que safada está querendo se mostrar para o cara. O cara se levantou e começaram a conversar, as gravações não tinham som e eu não podia nem imajinar o que estavam falando. Derepente ela pega na mão dele...e continuam conversando com ela segurando na mão dele. E eu "mas que safada, que ela ta armando". Ela que é toda pudica comigo pega na mão dele e põe na bunda dela, pega a outra e põe nos seios dela. Foi inevitável o cara tacou um beijo na boca dela e os dois ficaram se beijando e se abraçando com dois famintos de sexo e desejo...ele puxa a camiseta dela pela cabeça e começa a chupar seus seios e passear com as mãos pela sua buceta, pela bunda e tudo mais. Confesso e que já estava de pau duro e me masturbando com aquela cena maravilhosa, vendo minha esposa tão santinha se comprotando como uma puta, como nunca tinha feito comigo. Mas para minha maior surpresa ela abre o cinto e a barguilha do cara e expõe a vara dele para fora..se agaixa na frente dele e cai de boca..chupando....chupando..babando...deixando o cara louco. E eu pensanva: " Safada, piranha, nunca me chupa, vive arrumando desculpa, manda eu lavar antes e chupa um pau sujo deste".
Para finalizar o cara encosta ela na mesa, deita o corpo dela por sobre a mesa deixando as pernas como se estivesse em pé. Ao fazer isto a bunda dela arrebita e ele mete nela por traz...como um cavalo come um égua...o pior que pela imagem nem dá pra ver direito se ela estava levando na buceta ou no cuzinho. Após eles gosarem...ela ainda entra para o banheiro da empregada com ele para tomarem banho, mas o que fizeram lá não deu para ver, mas ficaram bem uns 30 minutos lá, até ela levá-lo na porta de saída e se despedirem com um beijo.
Depois de ver tudo isto não tinha nem coragem de falar com ela, ainda estava entre a raiva e a exitação de ter virado corno, de saber que ela era uma safada.
Tempos depois estavamos bebendo uma cerveja e num papo descontraido eu brinquei: "- Lembra aquele sabado que te deixei aqui de camisetinha e o cara veio trazer o gás e que vc disse que eu nunca saberia o que realmente teria acontecido?". Ela ficou meio séria e assustada e disse: "- Lembro e daí..está achando que vou te falar só porque passou muito tempo e que já to meio tontinha está enganado, vai morrer com está duvida". Eu dei um sorriso e conclui: "- Não vou não amor, foi tudo gravado pelas câmeras, aquelas que instalamos para fiscalizar nossas funcionárias." Ela fez uma cara de espanto e antes que falasse qualquer coisa eu emendei: "- Vários amigos da internet já viram o video que eu editei e estão todos loucos para transar o mesmo com você, só que agora eu quero ver ao vivo". Ela pulou no meu colo e me tacou um longo beijo na boca e cochichou no meu ouvido: "- Não se preocupe meu bem...Eu te amo...você vai ter o que quer, você é o melhor marido do mundo". Ali eu vi que ela estava pronta para começarmos uma nova vida de aventuras sexuais.
 
Support : Copyright © 2015. diariodeuna esposaobediente - All Rights Reserved