Home » » Noite Longa... ( Parte II )

Noite Longa... ( Parte II )



Entraram dentro do carro, com silêncios intercalados por beijos apaixonados e carícias que não deixavam o corpo arrefecer...
A sua mão subiu-lhe pelas coxas, acariciando a sua pele macia, apertando a carne quente num descruzar de pernas provocante e arrebatador...
Foram loucos os minutos que se seguiram até à casa dele.
- Dormes cá esta noite?
- Hum...isso é um pedido, uma ordem ou um desejo?
- Digamos que é algo que me deixaria muito feliz!
Os portões da sua casa abriram-se, colocou o carro na garagem e ali mesmo começou mais uma dose de erotismo. Ainda dentro do carro uma boca a sugou com beijos cada vez mais acessos...enquanto se olhavam profundamente...
Aquele olhar, reflexo da luxúria que dominava duas mentes completamente selvagens, começou a revelar-se um potente afrodisíaco!
Ela prendeu-o no banco detrás... ele encaixou-se no meio das suas pernas, fazendo-a sentir, de novo, o poder do seu sexo excitado.
Levou uma mão a um seio, desceu a outra mão à vulva feminina, acariciou-a com malícia e convidou-a a entrar em casa...
Chegados ao quarto, ela não esperou mais pelo passo seguinte e, agarrando-lhe o membro, encostou-o ao seu corpo, introduziu-o de uma só vez, sentindo-o em todo o seu esplendor!
Os gemidos intensificaram-se, a excitação subia a cada movimento alucinante, a cada invasão masculina, a cada beijo cedido de boca aberta...
Aquele membro superdotado que a penetrava velozmente, fê-la soltar palavras quentes, maliciosas que completaram o orgasmo comum que invadiu os seus corpos.
- Nem imaginas como te desejo...
- Eu também te desejo...
- E que tal se voltássemos a repetir a dose na cama que espera por nós dois?
- Hum...por mim...(gargalhada)
Os ponteiros do relógio marcavam quatro da madrugada... Já deitados sobre os lençóis macios, ele abraçou-a com carinho...pousou a sua cabeça no seu peito e afagou-lhe o cabelo liso...
- És tão linda! Deixa-me olhar para ti enquanto aprecio o perfume do teu cabelo...
Ela inclinou o rosto para ele, beijou-lhe o queixo, apertou-lhe o ombro e deixou-se devorar pelo toque dos seus dedos...os mesmos que segundos depois foram descendo.
- Vai começar tudo de novo?
- Sim, apetece-me ser teu outra vez...
Ela sorriu-lhe, mordeu-lhe uma orelha e sussurrou-lhe ao ouvido...
- Esta é das noites mais longas da minha vida...
 
Support : Copyright © 2015. diariodeuna esposaobediente - All Rights Reserved