Home » » Such a lovely thing

Such a lovely thing


Quero entregar-me
Render-me ao máximo encanto de todos os encantos
Amar de forma apressada, dar tudo o que tenho
Inebriada pela noite que se anuncia e faz o meu sangue fervilhar
Quero tudo, tudo o que entretanto fui quebrando e esquecendo...
Quero sentir... apenas sentir...
Talvez pétalas que me toquem o corpo atento a novos prazeres
Talvez paredes vermelhas onde possa encostar o corpo
Talvez luxúrias sem receios ou sustos que me façam recuar
Quero mãos que me fecundem até à alma
Impulsos genuínos que me apertem as coxas
Quero mais que uma simples foda
Invadir-te de puro prazer que me devore por inteira
Quero exigir um ou talvez vários orgasmos
E depois...
Depois...

O mesmo de sempre...
 
Support : Copyright © 2015. diariodeuna esposaobediente - All Rights Reserved